Eu tava lendo uns textos na internet e me deparo com algo assim… ⠀


“Sou Grato ao Covid, por nos mostrar quem realmente somos” … ⠀

“Sou Grata a essa pandemia pq depois seremos melhores…”


E eu me pergunto: Será???


À primeira vista, em tempos difíceis, vestir seu mais lindo sorriso pode parecer o melhor mecanismo de enfrentamento.


No entanto, essa abordagem pode ser um prejudicial.


A positividade quando forçada além de inútil, é tb extremamente tóxica!


Deixar de reconhecer as dificuldades, evitar a dor, a angustia emocional pode leva nos levar ao aumento da ansiedade, depressão e piorar de forma global nossa saúde mental.


No Brasil, existem atualmente mais de 19 milhões de casos confirmados, e mais de 532.893 pessoas perderam suas vidas para COVID-19.


Em outras palavras: Estamos todos lutando coletivamente contra os sentimentos de solidão, ansiedade e medo de ficar doente.


A pressão para ser produtivo termina por deixar muitas pessoas com sentimento de inadequação e envergonhadas.


Ou seja, o simples fato de tentar passar o dia sem um ataque de pânico ou uma crise de choro, vira um fardo.


E, no entanto, ainda existem pessoas que insistem: Temos reunião às 9h, às 11h, às 14h, às 16h…


SEJA PRODUTIVO!

Seja multitarefa! Otimize seu tempo! Produza! Produza!


Esquecendo que nem todo mundo aprendeu direito a lidar ainda com essa pandemia.


Nem todo mundo responder ao estresse ficando ocupado.


Ao contrário, para muitos, essas “mensagens” só aumentam a sensação de desamparo e angustia.


Então, não deixe de validar suas emoções por medo de ser repreendido.


Encontre uma forma mais equilibrada de como vc se sente e o que faz a respeito disso.


É normal ter uma visão positiva e otimista e ao mesmo tempo se sentir triste.


Você pode está num dia ruim, e ambos os sentimentos são necessários para uma perspectiva saudável de vida.


Tudo bem não estar bem agora – e na verdade, é normal e Namastê!