Terapia Pós Divorcio

Ninguém entra em um relacionamento pensando que vai se divorciar ou se separar. Infelizmente, o divórcio ocorre e pode ser devastador para os envolvidos.

O divórcio é um período extremamente estressante para muitos casais. Pode ser prolongado em litígios, com advogados incentivando cada um de seus clientes a executar o outro através da campainha para obter o melhor acordo. No final, as emoções que surgem após o divórcio; o medo, a incerteza e a ansiedade podem ser incapacitantes para ambas as partes.

 

Sentimentos de inadequação e abandono muitas vezes surgem, especialmente quando o relacionamento era codependente. Ambas as partes enfrentam grandes mudanças e novas responsabilidades.

O divórcio não é traumatizante por si,

mas a maneira como você se divorcia.

 

Em tempos de estresse, é importante encontrar uma boa rede de apoio (amigos e familiares).

O aconselhamento pós-divórcio é uma terapia para aqueles que finalizaram o divórcio e agora estão tendo que tomar decisões para seu futuro; e o primeiro passo é importante reconhecer os sentimentos de perda e luto associados ao divórcio.

Você pode ter que se abrir para a noção de que pode não ser apenas culpa do seu ex-cônjuge. Eles podem não estar necessariamente na origem de tudo o que o incomoda do ponto de vista mental e emocional.

Seja qual for o caso, manter essa mente aberta aumenta o diálogo que você pode precisar para restaurar seu bem-estar mental e emocional.

Dada a volatilidade emocional que pode existir durante a experiência do divórcio, isso pode ser difícil para alguns, mas é importante lembrar que quanto mais você se agarrar ao ressentimento de algo que já terminou, mais oportunidades passarão por você.